Voltar

Metade das empresas afetadas por sobretaxas não é chinesa

O Ministério do Comércio da China afirmou que estimativas iniciais mostraram que quase a metade das companhias que serão prejudicadas pelas tarifas dos Estados Unidos sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses são estrangeiras.

O governo estuda "medidas direcionadas" para contrabalançar o impacto sobre as empresas locais e estrangeiras, disse nesta quinta-feira o porta-voz Gao Feng, do ministério, em entrevista coletiva regular.

Questionado sobre o diálogo bilateral, Gao disse apenas que as tarifas mais recentes geraram novas incertezas sobre a situação. O governo chinês afirmou na terça-feira que imporá novas tarifas sobre US$ 60 bilhões em produtos dos EUA, em resposta ao anúncio do governo do presidente Donald Trump de tarifar US$ 200 bilhões em produtos chineses. As duas medidas entram em vigor em 24 de setembro.

O gabinete chinês anunciou nas últimas semanas medidas para apoiar exportadores, como a redução de tributos e de burocracia aduaneira. (de O Estado de S. Paulo)

Comentários
Sem comentários ainda. Seja o primeiro.